Onde andam os primeiros flutuadores lançados pelo NRP Sagres?

Divulgamos aqui alguns resultados obtidos dos flutuadores derivantes lançados a partir do NRP Sagres, no início deste ano, no âmbito da colaboração Sagres-IH-NOAA.

No vídeo, podem-se observar as trajetórias dos flutuadores sobrepostas em campos de velocidade e temperatura da superfície do oceano, resultantes do modelo global disponível no Copernicus Marine Environment Monitoring Service.

Tudo parece indicar que o flutuador 1301589 deslocou-se inicialmente para Este sob influência da Corrente dos Açores e apanhou ‘boleia’, para sul, na Corrente das Canárias sendo depois desviado por um dos muitos turbilhões que dominam a dinâmica oceânica.

Os outros dois flutuadores foram lançados numa zona menos dinâmica e o seu deslocamento ainda é relativamente pequeno apesar disso, o flutuador 1301592 parece estar inicialmente a deslocar-se para sudoeste, também com a Corrente das Canárias.

Estes flutuadores derivantes fazem parte do Global Drifter Program e estão a contribuir para a manutenção de uma rede regular de observações no oceano global.

A informação derivada a partir destes flutuadores é extremamente relevante não só para compreender a dinâmica oceânica como também para outras aplicações e serviços. Por exemplo, como estes flutuadores seguem as correntes da camada superficial do oceano são ideais para estudar o transporte de partículas livres, como larvas de peixe ou agentes poluentes, como derrames de óleo e microplásticos.

Siga também estes flutuadores em tempo real a partir do link  https://www.aoml.noaa.gov/phod/gdp/real-time_data.php
Os códigos identificadores das boias são os seguintes:
WM0 ID:
D1: 6202656
D2: 1301589
D3: 1301592
D4: 1301590
D5: 6202657
D6: 6202654
D7: 1301595
D8: 1301593

  2020-02-14    438 / 437 / 45679;