O Observatório do Canhão da Nazaré (MONICAN)

O fundeamento da primeira boia multiparamétrica em águas nacionais, em 24 de abril de 2009, marcou também o início de um sistema piloto na oceanografia operacional em Portugal, o Observatório do Canhão da Nazaré (MONICAN).

Este observatório, operado pelo IH, tem como componente central um conjunto de duas boias multiparamétricas, a boia oceânica MONICAN1 fundeada em abril de 2009 à profundidade de 1800 metros e a boia costeira MONICAN 2 fundeada em abril de 2011, à profundidade de 90 metros. Estas boias foram instaladas em operação no quadro do projeto MONICAN e constituíram sistemas pioneiros em Portugal para a observação das condições oceanográficas ao largo da costa.

Estão dotadas de sensores que medem a agitação marítima, vários parâmetros meteorológicos (vento, temperatura e humidade do ar, pressão atmosférica), a corrente nos primeiros 100 metros da coluna de água com resolução de cerca de 2 metros, a temperatura de superfície da água do mar, o oxigénio dissolvido e a concentração de clorofila à superfície.

Para além destes sensores comuns às duas boias, na boia oceânica, localizada ao largo dos Farilhões, na zona entre os corredores de navegação e a Reserva Natural das Berlengas, foi instalado ainda um sensor de derrame de hidrocarbonetos e uma cadeia de sensores que permite medir a temperatura da água do mar a várias profundidades, até um máximo de 200m. A boia costeira encontra-se instalada a cerca de 12 quilómetros da costa e inclui um sensor de turbidez da água, que permite medir a concentração de partículas em suspensão junto à superfície e detetar a presença de águas com elevada turbidez, associadas aos escoamentos fluviais costeiros.

O Observatório MONICAN integra ainda duas estações maregráficas costeiras, instaladas pelo IH nos portos da Nazaré e Peniche, com o apoio das autoridades portuárias locais e da Câmara da Nazaré e uma estação meteorológica costeira que o IH tem vindo a manter em Ferrel.

Para a divulgação desta informação obtida para a área do canhão da Nazaré, o IH criou, desde o início deste projeto, a página https://monican.hidrografico.pt/ a partir da qual é possível consultar a informação em tempo real das condições oceanográficas e meteorológicas, a previsão da agitação marítima e do vento para a prática do Surf, dados de séries temporais e disponibiliza ainda, para download, dados processados obtidos pelos vários equipamentos que compõem esta rede de monitorização.

O Observatório do Canhão da Nazaré (MONICAN)
  2020-04-24    158 / 157 / 42322;